Seg a sex das 08h00 às 12h00 e das 13h00 às 17h00

Destaque

Após ofício do CRBM-5, MP-RS questiona órgãos públicos sobre escassez de profissionais de diagnóstico

24-07-20 | Destaque, Notícias

O Ministério Público Estadual do Rio Grande do Sul questionou órgãos públicos de saúde sobre a escassez de profissionais para o diagnóstico do novo coronavirus. No início de abril, o CRBM-5 enviou ofício alertando sobre a inconsistência da alegação de algumas autoridades públicas sobre a insuficiência de recursos humanos  para o trabalho no diagnóstico enquanto milhares de biomédicos estavam habilitados para a atividade.

O MP-RS entrou em contato com o Ministério da Saúde, a Secretaria de Saúde do Estado do Rio Grande do Sul e a Secretaria de Saúde do Município de Porto Alegre.

A Secretaria de Saúde de Porto Alegre alegou que não percebe a falta de recursos humanos capacitados para a realização de testes de diagnóstico, mas sim de laboratórios em que possam ser feitos os exames.

A Secretária de Saúde do RS, por sua vez, reconheceu a competência dos biomédicos, mas que, por não constarem no Quadro de Servidores da Saúde Pública do RS (Lei nº 13.417/2010), os profissionais não puderam ser incluídos no processo de contratação emergencial para o Laboratório Central do Estado (Lacen). A SES-RS informou ainda que, para atender a alta demanda por testes, ampliou o atendimento à população gaúcha através de parcerias com universidades federais e particulares.

Já o Ministério da Saúde ressaltou a implementação do projeto Brasil Conta Comigo em que cadastra e capacita profissionais da saúde para o enfrentamento da Covid-19 com o objetivo reforçar o atendimento na saúde pública.

Imprensa CRBM-5

Compartilhe nas Redes

Skip to content